Início » The Chosen é homenageada pelo Museu da Bíblia após série se tornar impacto global

The Chosen é homenageada pelo Museu da Bíblia após série se tornar impacto global

0 comentário

A série cristã de sucesso global “The Chosen” foi homenageada com um prêmio do Museu da Bíblia, com sede em Washington, D.C., pelo impacto cultural do programa.

Dallas Jenkins, criador e diretor da série “The Chosen”, recebeu um Prêmio Pilar na gala do quinto aniversário do Museu, que foi realizada no sábado passado, disse o museu em um anúncio compartilhado com o The Christian Post.

Além de Jenkins ganhar na categoria “Impacto”, a Associação Evangélica Billy Graham ganhou o Prêmio Pilar pela categoria “Narrativa” e o Presidente dos Tradutores Bíblicos da Wycliffe, John Chesnut, ganhou o prêmio pela categoria “História”.

Os critérios para o Prêmio de Impacto centram-se em pesar o nível de impacto entre as pessoas que promovem a Bíblia por meio de sua “plataforma pública”.

“Nossos ganhadores do Prêmio Pilar de 2022 alcançaram um impacto excepcional no engajamento bíblico em seus campos”, disse o CEO do Museu da Bíblia, Harry Hargrave, em um comunicado compartilhado com a CP. “Nossos prêmios reconhecem como cada um fez isso de forma criativa e de uma forma que mostra a relevância da Bíblia para a cultura e a sociedade de hoje.”

Em setembro, o Museu da Bíblia organizou um evento com um documentário que mostrou as reações dos jovens a “Os Escolhidos” e incluiu um painel de membros da produção.

Produzido pela Angel Studios e disponível para assistir através de sua plataforma de streaming, “The Chosen” estreou em dezembro de 2019 e, no final de sua segunda temporada, ganhou aclamação da crítica e cerca de 350 milhões de visualizações em todo o mundo.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações