Início » Médica chinesa que denunciou a criação da covid aceita Jesus

Médica chinesa que denunciou a criação da covid aceita Jesus

0 comentário

A médica chinesa que, no auge do surto de corona vírus, chocou o mundo com seu discurso de que estava envolvida diretamente com o SARS-CoV-2 no Instituto de Virologia de Wuhan, em Hong Kong.

Segundo suas alegações a Covid-19 foi, de fato, produzida em laboratório como arma biológica, propositalmente projetada e difundida. Ela acrescentou ainda que a doença pode causar ainda mais danos uma vez combinados com desinformação, censura e propaganda.

De acordo com Charisma News, no auge dos ataques contra ela, Yan teve uma experiência com Jesus Cristo após um seminário sobre o vírus que ela deu em uma igreja no Havaí. Após o fim do programa, a igreja cantou espontaneamente para ela a preciosa passagem dos Números 6:24-26.

Enquanto a igreja cantava e proclamava a bênção de Deus, a mulher nascida em lar cristão começou a chorar. Sem o conhecimento da congregação, esta foi uma resposta à oração de sua avó, que começou antes de ela nascer.

“Fiquei tão emocionada. Senti tanto o poder de Deus e o amor de Jesus que minha avó me mostrou desde pequena que no dia seguinte, confessei ao Senhor Jesus Cristo como meu Senhor e Salvador e fui batizado. Minha vida mudou”, diz ela.

Segundo Yan, em meio ao momento mais difícil, Deus usou tudo isso para responder às orações de sua avó, e a levar a Cristo.

“Minha fé em Cristo me deu uma nova visão enquanto trabalho para espalhar a verdade do que a China fez e continua a fazer para espalhar seu mal ao mundo, mas também para compartilhar meu amor pelo Senhor Jesus Cristo e como Seu amor e poder são os únicos inimigos que o Partido Comunista Chinês não pode derrotar”, disse.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações