Início » Ex-gay volta pra Jesus e forma uma linda família: “Deus nunca me deixou”

Ex-gay volta pra Jesus e forma uma linda família: “Deus nunca me deixou”

0 comentário

Jim cresceu em um lar cristão. Seu pai trabalhava para o escritório do xerife e sua mãe era bibliotecária. Mesmo sendo amado, Jim percebeu que era diferente e lutou para se encaixar. Ele não era o garoto normal que gostava de esportes e garotas. Em vez disso, ele era criativo e notava coisas que a maioria dos meninos não notava, como arte e design.

Na 7ª série, ele percebeu que se sentia atraído por meninos em vez de meninas. Porque ele e seu pai não tinham muito em comum, eles nunca se ligaram de verdade. “Meu pai nunca me machucou ou abusou de forma alguma. Ele era um bom homem, um bom policial e alguém justo. Dito isso, embora tenhamos alguns bons momentos juntos, é importante notar que fazer coisas divertidas não é uma substituto para a construção de um relacionamento saudável.” 

À medida que Jim crescia, também crescia sua atração pelo mesmo sexo. “Apenas o pensamento de ser gay me repugnava profundamente. Ainda assim, eu não podia discutir com os sentimentos que experimentei. Quando menino, lembro daquelas vezes na sétima série quando eu fiz o meu melhor para rezar para que os gays fossem embora”, ele disse. explicou. 

Na 10ª série, Jim decidiu conversar com seus pais sobre suas lutas. “Acho que sou homossexual”, começou ele. Quando seu pai perguntou há quanto tempo ele estava lidando com esses sentimentos, Jim explicou que ele lutou por anos, sozinho. Ao ouvir isso, seu pai, que nunca chorava, soluçou incontrolavelmente. Sem saber como responder, a família ficou em um silêncio constrangedor e não falou sobre o assunto novamente por anos. 

Jim não agiu em suas tentações até que ele tinha 23 anos. Quando ele decidiu entrar no estilo de vida gay, ele diz que no começo foi divertido. Mas depois de cinco anos, ele chegou ao fundo do poço e percebeu que o que ele achava que seria gratificante acabou deixando-o ainda mais perdido, deprimido e mais solitário do que nunca. Seu fundo do poço veio quando seu parceiro o expulsou e levou todo o dinheiro deles. Ele ficou sem nada e decidiu voltar para casa.

Vida mudada

“Deus mudou minha vida para sempre em 8 de junho de 2002, quando perdi todas as minhas posses mundanas e ouvi distintamente a voz de Deus me dizendo para voltar para Ele”, diz ele em seu site .

“Eu me deitei no chão e disse: ‘Deus, eu sou seu de novo.’ Eu estava tão quebrado e não tinha para onde ir”, disse ele à CBN .

Ele percebe agora: “Que Deus nunca me deixou. Ele continuou a falar comigo”, mesmo quando Jim não estava seguindo a Deus.

Sua família o recebeu de braços abertos e o ajudou a encontrar a cura. Quando Jim entregou sua vida a Jesus, as coisas mudaram. Seus olhos se abriram e ele percebeu que sua identidade sexual não definia quem ele era. Só Deus poderia fazer isso. 

Ele percebeu: “Sua tentação não precisa ser sua identidade, para qualquer um de nós, qualquer que seja sua tentação, você não precisa se identificar dessa maneira”. 

Em vez de se concentrar em si mesmo, Deus começou a mudar o coração de Jim para servir a Ele e aos outros. A fome de Jim pelas escrituras tornou-se insaciável. Ele passou horas na igreja, leu a Bíblia e encontrou a paz e o amor que procurava. 

Jim voltou para a faculdade e obteve seu mestrado em divindade e foi lá que conheceu sua futura esposa, Amanda. Eles se apaixonaram, se casaram e agora têm três filhos. 

Fonte; Filhos de Deus com CBN News

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações