Início » Estudante cristã é espancada até a morte e tem corpo queimado por colegas na Nigéria

Estudante cristã é espancada até a morte e tem corpo queimado por colegas na Nigéria

0 comentário

Uma jovem estudante chamada Deborah, (25) foi apedrejada e teve o corpo queimado porque teria entrado em uma discussão com colegas de classe depois de enviar uma mensagem de WhatsApp, que foi interpretada por eles como blasfêmia. O caso aconteceu em Sokoto, no noroeste da Nigéria, na manhã desta quinta-feira (12/05).

Em um comunicado, a polícia local informou que ela foi acusada de fazer uma postagem “que blasfemava o profeta Maomé”. Além disso, surgiram informações de que ela teria recusado uma proposta de um muçulmano para sair com ela. Com a negativa, os colegas acusaram Deborah de insultar o profeta Maomé.

Mas, segundo o pastor David Ayuba Azzaman, a jovem estava reclamando da discriminação contra cristãos nas tarefas na faculdade.

A ação brutal foi gravada por uma câmera de celular e publicada nas redes sociais. As imagens são fortes onde mostram a estudante cristã deitada no chão, tentando cobrir a cabeça com o braço ensanguentado, enquanto era espancada por rapazes e moças que gritavam “Allahu Akbar” (“Alá é Grande”). 

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações