Início » Ator que recusou fazer cenas de sexo fala de sua fé: “Deus e família em primeiro lu”

Ator que recusou fazer cenas de sexo fala de sua fé: “Deus e família em primeiro lu”

0 comentário

O ator cristão Neal McDonough, que já ganhou um Oscar, lutou para manter seus princípios enquanto atuava em Hollywood.

Ao longo dos anos, ele estabeleceu uma regra de não beijar em cena. “Não vou beijar nenhuma outra mulher porque esses lábios são feitos para uma única mulher”, declarou McDonough, anteriormente.

Em 2010, Neal relatou que após se recusar a filmar cenas de sexo na série “Scoundrels”, da ABC, ele foi demitido e entrou na “lista negra” da indústria hollywoodiana.

“Acho que fui abençoado desde muito jovem por ter um forte relacionamento com Deus. E tem sido fundamental na minha vida”, disse o ator, de 56 anos, à Fox News Digital. 

“Para mim, é a família em primeiro lugar, eu em segundo. Deus em primeiro lugar, eu em segundo lugar. E quando você segue essas regras, você não fica tão tentado a fazer coisas estúpidas. Em nossa casa, nosso relacionamento com Deus é incrivelmente importante”.

McDonough, pai de cinco filhos e casado com Ruvé Robertson, passou por anos difíceis, lutando para conseguir um emprego.

Enfrentando o desemprego

“Houve um tempo em que eu não trabalhava. Eu não conseguia um emprego porque as pessoas pensavam que eu era um louco religioso. Mas não era o caso. Eu amo a minha esposa, mas também amo atuar. Eu esperava que, em algum momento, alguém me desse uma chance novamente”, contou o cristão.

O ator confiava que Deus havia preparado algo melhor para ele. Até que ele recebeu um convite para estrelar em “Justified” e desde lá sua carreira prosperou. 

“Quando você tem um núcleo para se apoiar, seja a família imediata ou nosso pai celestial, é assim que você passa pelas coisas da vida. E para mim, é de vital importância, é sobre família e é sobre amor”, testemunhou Neal.

Hoje, o ator também está trabalhando em produções com valores cristãos, como o especial de Natal “O Holy Night: Christmas with The Tabernacle Choir”.

“Esses filmes falam sobre como é ter sua fé desafiada ou como você pode superar certas dificuldades na vida sabendo que Deus está com você. E são programas como ‘Oh Holy Night’ que reforçam que a família é a coisa mais importante no planeta. Não há nada como a família”, comentou.

FONTE: FOX NEWS E GUIAME

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações