Início » Ator de Shazam diz que foi curado por Jesus de pensamentos suicidas: “Ele me livrou da morte”

Ator de Shazam diz que foi curado por Jesus de pensamentos suicidas: “Ele me livrou da morte”

0 comentário

O ator Zachary Levi fala sobre o momento mais sombrio de sua vida, onde ele não sentia mais vontade de viver até que Deus redimisse tudo.

Zachary Levi compartilha sua história

Em entrevista ao Faithwire da CBN , Zachary Levi compartilhou seu testemunho da escuridão à luz. O ator lançou recentemente um livro de sua autoria “Radical Love: Learning to Accept Yourself and Others”. Nele, ele escreveu de forma vulnerável a história de redenção de Deus de quando ele caiu com “depressão e ansiedade”.

Há alguns anos, em Austin, Texas, o ator admitiu que pensou em cometer suicídio. Porque ele chegou a um ponto em que “não queria mais viver”.

“Eu desmoronei completamente”, lembrou o homem de 41 anos. “Eu estava cercado pela escuridão e não tinha nada além de mentiras sendo vomitadas em meu ouvido.”

Fé desafiada

Zachary cresceu em um lar judaico-cristão. Assim, sua fé em Deus desempenhou um papel importante em sua vida. No entanto, durante esse momento sombrio de sua vida, a fé do ator foi desafiada. Ele confessou que “talvez tenha parado de acreditar que Deus existia” naquela época porque realmente se sentia abandonado. O ‘Shazam!’ ator também costumava pensar em não acordar mais.

Mas, apesar da difícil jornada, Deus continuou segurando Zachary e o cercou de familiares e amigos que o ajudaram. Eles caminharam ao lado de sua cura.

A Redenção de Deus

Hoje, o ator está testemunhando o poder redentor de Deus em sua vida e mais em seu novo livro.

“Deus tem sido instrumental em tudo isso, o tempo todo”, ele atestou.

Além disso, Zachary também discutiu o título de seu livro ‘Amor Radical’. E ele fez referência aos ensinamentos de Jesus sobre amar as pessoas.

“Jesus estava dizendo para amar seu inimigo e orar por seu perseguidor”, explicou ele. “Isso é algo que aparentemente ninguém faz. E [Cristo] fala, amar aqueles que já te amam não é realmente amor… amor é aceitar radicalmente outra pessoa exatamente como ela é, exatamente de onde ela é.”

O ator também enfatizou que é possível ver as pessoas através das lentes de Deus sem necessariamente concordar ou tolerar o comportamento dos outros.

“Se tivermos alguma chance de chegar a um futuro que não seja apenas muito triste e realmente cheio de ódio, raiva e medo”, disse ele. “Temos que aceitar radicalmente onde as pessoas estão em suas vidas.”

“Se queremos um mundo melhor, teremos que nos amar radicalmente.”

Fonte; Filhos de Deus com CBN News

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações