Início » Ateu faz oração durante queda de helicóptero e dedica sua vida a Deus

Ateu faz oração durante queda de helicóptero e dedica sua vida a Deus

0 comentário

Mesmo sendo ateu, o soldado australiano Dillon Beatson viu a bondade de Deus em seu pedido de socorro durante a queda de um helicóptero.

Deus, por favor, não me deixe morrer”. Esse foi o clamor do soldado australiano Dillon Beatson, que era ateu até o momento da queda do helicóptero que pilotava durante um exercício de treinamento próximo a Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, em setembro de 2013.

“Nesse acidente, clamei por Deus, eu pedi a Ele: ‘Deus, por favor, não me deixe morrer’. E isso meio que me confundiu, porque eu pensei: ‘Por que eu clamaria a Deus, eu não acho que Ele é real’”, disse o soldado.

Beatson foi batizado na Igreja Católica na infância e até chegou a frequentar algumas celebrações, mas foi um “ateu convicto” durante toda sua adolescência e fase adulta. “Antiteísta seria uma descrição melhor do que eu era”, disse ele.

Ele pensava que acreditar em Deus era “besteira” e “todo aquele que acredita Nele está acreditando em contos de fadas”.

Mesmo assim, o soldado Beatson clamou a Deus nos 10 segundos que o helicóptero levou para cair. “O helicóptero estava caindo e eu fui empurrado para a areia; as pás da hélice estavam por todo lugar; era muito alto, muito escuro e empoeirado”, ele relata.

O soldado Beatson se manteve dentro do helicóptero e sobreviveu. O homem que estava ao seu lado, no entanto, foi atirado para fora do helicóptero e morreu.

Depois de sobreviver ao grave acidente, Beatson não conseguiu ignorar seu clamor por Deus. Nos meses e anos seguintes, ele começou uma jornada para descobrir seu propósito de vida e isso acabou o levando a um encontro com Deus.

Jornada de fé

O soldado conheceu um homem que se ofereceu para levá-lo a um curso na Hillsong Church, em Brisbane, na Austrália. Sua vida mudou após alguns meses de curso. “Foi incrível. Eu conheci alguns cristãos e tive uma boa base de Jesus e de Sua vida, e aprender sobre a Bíblia também”, disse.

Desde então, o soldado Beatson tem crescido em sua paixão por aprender mais sobre a fé. Ele passou a ser movido pelo desejo de “compartilhar o amor” de Cristo com todos que encontrava.

“Eu meio que sinto que minha infância foi roubada de uma forma, que eu não consegui crescer com o amor de Cristo, e não consegui ter muitos ensinamentos e moral introduzidos em mim desde cedo”, afirma. “Saber desde pequeno que Jesus está lá e me ama, teria feito uma enorme diferença na minha vida”.

O soldado Beatson voltou ao exército em fevereiro e passou a frequentar uma comunidade católica.

“Deus realmente colocou as medidas difíceis para me fazer passar da linha, porque eu não queria ir [para Ele] com facilidade”, reconhece Beatson. “Viver uma vida de pecado é divertido, você não quer mudar isso. Mas algo dentro de você sabe que você tem que mudar”.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações