Início » 2.200 pessoas aceitaram Jesus durante uma mega cruzada em um dos países mais perseguidos pela fé cristã

2.200 pessoas aceitaram Jesus durante uma mega cruzada em um dos países mais perseguidos pela fé cristã

0 comentário

Cerca de 2.200 pessoas aceitaram a Cristo em uma mega cruzada de 4 dias em Uganda, onde muitos experimentaram cura, salvação e libertação.

Em Gulu, no norte de Uganda, uma cruzada de 4 dias reuniu cerca de 15.000 pessoas na região para ouvir a palavra de Deus proferida por vários evangelistas unidos para esta ocasião pelos Ministérios Evangelísticos LIFT.

Sua missão é que através da palavra de Deus muitas vidas sejam transformadas; Eles visitaram escolas, prisões, mercados e outros lugares, onde compartilharam apaixonadamente o evangelho.

O grupo liderado pelo evangelista Joel Wells revelou que 2.200 pessoas ouviram sua mensagem e se agarraram à esperança em Cristo.

“Nossos corações estão cheios e estamos maravilhados com o que Deus fez. Viemos acreditando que veríamos e experimentaríamos coisas que nunca havíamos visto antes e também pedindo a Deus um aumento em nosso nível de impacto”, disseram os organizadores em comunicado, observando que, no total, cerca de 15.000 participaram da cruzada durante os 4 dias.

“Foi emocionante ouvir que as igrejas locais já estavam vendo alguns desses novos convertidos no domingo de manhã. Algo que vou lembrar por muito tempo é ver mais de 15.000 pessoas pulando ao mesmo tempo em adoração. A alegria do povo pelo que Deus havia feito não podia ser contida. Havia tantas pessoas sendo libertadas que os porteiros ficaram quase sobrecarregados enquanto os carregavam para fora da multidão para a área de oração designada” , acrescentaram.

O evangelista Joel Wells revelou que a fila para receber testemunhos de cura foi estendida por mais tempo do que eles poderiam ter tempo.

“Houve muitas lágrimas de alegria derramadas por todos aqueles que trabalharam tão duro para montar isso. A equipe no terreno foi de alto nível nos preparativos e houve tanta oração que subiu por nós e continuou durante a cruzada. Guerreiros de oração estavam literalmente sob o palco orando enquanto eu pregava. Muito obrigado por todas as orações e apoio financeiro”, disse o evangelista Joel Wells.

Devido ao sucesso alcançado naquela comunidade, agora o ministério está indo para o distrito de Mbale, leste de Uganda, onde estão acreditando em um novo mover de Deus para alcançar a salvação de muitas almas em setembro.

“Cada novo nível requer novos níveis de fé. Deus providenciou milagrosamente para nós cada passo do caminho e acreditamos que porque este é o seu ministério, ele continuará. Pedimos que continuem a nos apoiar em oração por sabedoria e recursos enquanto nos preparamos para o que vem a seguir”, disse o evangelista Joel Wells.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Mais informações